Notícias

Publicado em 22-04-2020

É dia 28 de abril, das 11h às 12h30, que a AIP realiza, em parceria com a PwC, o webinar “Apoio às empresas na área do financiamento”, cujo objetivo é esclarecer as PME sobre as medidas de financiamento existentes no atual contexto de pandemia.
A abertura será da responsabilidade de Paulo Caldas, diretor da AIP, e Pedro Palha, senior manager da PwC. O tema “Linhas de financiamento e moratórias de crédito” fica a cargo de Luís Oliveira, associado principal da CCR Legal, enquanto que o ponto “Incentivos a Projetos do Portugal 2020” será desenvolvido por Pedro Deus, advisory partner da PwC.
Os últimos 45 minutos serão ocupados com respostas daqueles responsáveis às questões previamente enviadas pelos participantes inscritos.
Participação gratuita sujeita a inscrição obrigatória.

INSCREVA-SE AQUI  

Fonte: AIP

Publicado em 21-04-2020

Advinha-se uma saída progressiva do confinamento. Não vai ser «abrir as portas» e tudo passa a ser como dantes! Além da lentidão da retoma, muitos receios persistem e vários costumes e práticas sociais mudaram, se não para sempre, pelo menos de forma duradoura. Isso implica que muitas empresas vão ter que ser criativas e adaptarem-se aos novos tempos, inovando nos seus produtos e formas de chegar ao mercado. Em regiões como o Alentejo, com muito poucas pessoas, e onde existe grande quantidade de empresas bastante dependentes dos mercados próximos, ainda mais se fará sentir esta necessidade de criatividade e pro-actividade!
É preciso encontrar formas de diferenciar favoravelmente os produtos, novas formas de angariar clientes e vender a produção ou serviços. A todos os níveis, desde o pequeno restaurante ou estabelecimento de retalho, até às empresas de maior dimensão, vai ter que se repensar a atitude produtiva e comercial, «aproveitando» até eventualmente a crise para, «dando a volta por cima», pôr as empresas no bom caminho da recuperação e crescimento!

Publicado em 17-04-2020

Foi através de um inquérito, feito a 2411 empresas de setores como a Industria, o Comércio, a Construção, entre outros, entre 9 e 14 de abril de 2020, que a AIP analisou questões como a Redução de volume do negócio desde o início da crise, a percentagem de empresas que recorreu ou não ao lay-off, a percentagem de empresas sem acesso às medidas por dividas fiscais e contributivas, as empresas que desde o inicio da crise já efetuaram despedimentos bem como outras questões importantes no que toca ao tecido empresarial.
Para aceder à informação detalhada, clique aqui.

Publicado em 17-04-2020

Com especialistas da Deloitte e CTSU

20.04.2020 | 11:00 – 12:30

PROGRAMA:
Boas-vindas

11:00-11:30 | Implicações ao nível laboral
Pedro Ulrich, sócio responsável pela área Laboral da CTSU, e Luís Leon, fiscalista da Deloitte.

11:30-12:00 | Obrigações fiscais e alívio de tesouraria
Afonso Arnaldo e Ricardo Reis, partners e fiscalistas da Deloitte

12:00-12:30 – Q&A

Inscreva-se aqui!

Publicado em 14-04-2020

A opinião pública e os dirigentes políticos, a nível mundial, vão-se dividindo entre a defesa rigorosa e intransigente da saúde pública, sobrepondo-a a quaisquer outras necessidades, e os que se parecem preocupar mais com os catastróficos resultados na economia e as suas consequências a nível de desemprego e perda de rendimentos.
Apesar de estarmos perante um fenómeno novo, de que muito ainda há por descobrir, talvez a velha máxima popular de que «no meio está a virtude» seja também aqui aplicável, e a solução esteja nesse difícil equilíbrio entre o estrito cumprimento de todas as normas de protecção e segurança, e a continuidade da vida económica, nomeadamente da actividade produtiva.

Publicado em 09-04-2020

A CIP – Confederação Empresarial de Portugal elaborou um Plano Extraordinário de Suporte à Economia Portuguesa face à pandemia de Covid-19, já entregue ao Governo e Presidente da República.
Garantir a manutenção dos postos de trabalho e criar os mecanismos para que as empresas possam retomar a atividade logo que possível são pilares essenciais da estratégia nacional de suporte à economia defendida pela CIP.
“Esta estratégia traduz-se numa alteração de paradigma face às medidas que têm vindo a ser anunciadas. O que está em causa é que as empresas consigam ultrapassar esta crise (resolvendo problemas de liquidez de forma atempada) e retomem a atividade sem custos acrescidos e insuportáveis (juros, amortizações, impostos), ao mesmo tempo que se garante o rendimento dos trabalhadores e o seu posto de trabalho a médio e longo prazo. Ou seja, entendemos que se apoie a atividade económica, a manutenção do emprego e a estrutura salarial ao invés de se financiar o desemprego, a calamidade empresarial e social de um conjunto de falências em dominó em que o efeito é imprevisível”, afirma o Presidente da CIP, António Saraiva, em carta enviada ao Primeiro Ministro.
Entre as principais medidas defendidas pela CIP está a conversão de garantias do Estado em incentivos a fundo perdido para as pequenas e médias empresas (PME) que mantenham a atividade económica e garantam a manutenção do emprego, sem redução da massa salarial, nos próximos quatro anos. Trata-se de um mecanismo semelhante ao aplicado no Portugal 2020, transformando dívida em capital em função de determinados objetivos, no caso concreto, a garantia de emprego por quatro anos. A CIP defende a alocação de 20 mil milhões de euros a esta medida.
A Confederação Empresarial de Portugal defende ainda a urgência de negociar com o FEI e BEI as Garantias de Carteira para o País e o seu sistema financeiro que permita alocar já cerca de 10 mil milhões de euros para garantias de 50 a 80% na economia real. Assim, o Estado poderia ter um Contrato Programa com o BEI/FEI para estes programas de garantia, entregando colateral de OT a 10 anos (que o BEI/FEI aceitam como soberanos) para garantir linhas de garantia de emergência à economia.
Pode consultar em anexos o Plano Extraordinário de Suporte à Economia Portuguesa e carta enviada ao Primeiro-ministro.

Carta,  Anexo 1Anexo 2Anexo 3

Fonte: CIP

Destaques

30-04-2020
Plano de Desconfinamento
31-01-2020
ANÚNCIO DE PROCEDIMENTO DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PROJETOS DE FORMAÇÃO-AÇÃO PME 2º CICLO
28-01-2020
Alto Alentejo Inmotion

Eventos

Maio 2020
S D
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Contactos

Morada: Parque de Feiras e Exposições de Portalegre
Apartado 202
7300-901 Portalegre
-----
Telefone: 245 302 300
Fax: 245 302 301
E-mail: nerpor.ae@mail.telepac.pt

Newsletter